TELEFONE:

(11) 9.7622 - 0812

LOCALIZAÇÃO/CORRESPONDÊNCIA:

Rua Vicente Listo, 32 – São Paulo /S.P. – Cep: 02856 – 090
imagem

INICIATIVAS INOVADORAS NO SUS SÃO PREMIADAS E RECEBEM R$ 1,3 MILHÃO

As cinco iniciativas inovadoras em gestão nos serviços de saúde receberam no dia 20 de novembro, em Brasília (DF), R$ 1,2 milhão do Ministério da Saúde, em reconhecimento a práticas que melhoraram o atendimento prestado à população e o uso de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). O prêmio InovaSUS foi entregue pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, aos representantes das secretarias estaduais de saúde do Pará e das secretarias municipais de saúde de Manaus (AM), Guarulhos (SP), São Paulo (SP) e Pelotas (RS). Durante a cerimônia, foi oferecido ainda um bônus de R$ 100 mil ao estado do Pará, pela melhor administração de recursos do SUS, totalizando R$ 1,3 milhão em premiações.

“Todos os que participaram desse prêmio tem o nosso reconhecimento. O SUS é um conjunto de saberes, uma história de construção. Ainda é um sistema muito novo, só tem 30 anos. Mas o SUS está no caminho certo. E hoje é dia de reconhecer que o SUS é feito por pessoas, com bons projetos e boas ideias. O desafio agora é replicar essas experiências ganhadoras. É pensar: será que essa sua ideia que aconteceu nesse universo local pode ser aplicada na cidade vizinha, no estado, no Brasil, no mundo?”, avaliou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Para inspirar os gestores do SUS e profissionais de saúde, o indiano Hitendra Patel, que é referência mundial na área de inovação, falou aos presentes sobre tendências globais na saúde. Patel é professor de inovação na Universidade de Toronto, no Canadá, e fundador da IXL Center – consultoria eleita pela revista Forbes entre as 20 melhores empresas para inovação e crescimento de negócios no mundo.

Cada um dos cinco vencedores recebeu R$ 250 mil e concorreu ao extra de R$ 100 mil – premiação criada em homenagem e em comemoração ao cinquentenário do Fundo Nacional de Saúde (FNS), que administra os recursos do SUS na esfera federal e repassa às secretarias de saúde estaduais e municipais.

Neste ano, o Ministério da Saúde recebeu 194 inscrições de todos dos estados. Foram selecionadas 94 propostas e, destas, saíram as cinco vencedoras consideradas como as melhores práticas, segundo os requisitos do edital. Ao todo, desde a primeira edição em 2011, já foram inscritos 1.565 trabalhos com 112 premiados.

INOVASUS
O Prêmio INOVASUS está em sua 7ª edição e identifica, reconhece e premia a inovação na gestão do SUS em projetos que contribuem para a melhora dos indicadores de atendimento à população pautadas pela melhor relação custo-benefício. A ideia é que essas iniciativas sejam conhecidas e possam inspirar outros municípios do país.

O prêmio é uma iniciativa da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde. A secretária da pasta, Mayra Pinheiro, destacou que a ideia é valorizar os profissionais que querem fazer diferença no Sistema Único de Saúde. “O nosso objetivo é construir, junto com os profissionais do SUS e com a sociedade, soluções inovadoras. Precisamos encontrar soluções para o Brasil que vem mudando o perfil da saúde”, apontou Mayra.

O INOVASUS possui cinco categorias:

 

1) Gestão Solidária, ou seja, ações que beneficiam mais de uma localidade.

2) Educação e Segurança do Trabalho, relacionada à qualificação de profissionais do SUS e proteção do trabalhador.

3) Saúde Mental do Trabalhador da Saúde, que diz respeito à promoção da saúde dos profissionais do SUS.

4) Gestão Administrativa, que está relacionada a melhorias nos processos de gestão de pessoas.

5) Arquitetura Hospitalar sobre a oferta de melhores condições de trabalho relacionadas a disponibilização de estruturas e equipamentos nas unidades de saúde.

Fonte: ANS

logo