TELEFONE:

(11) 9.7622 - 0812

LOCALIZAÇÃO/CORRESPONDÊNCIA:

Rua Vicente Listo, 32 – São Paulo /S.P. – Cep: 02856 – 090
imagem

EUA orienta vacinação de crianças e adolescentes diante do aumento de hospitalizações por Covid

A taxa de hospitalização de adolescentes infectados com COVID-19 aumentou em março e abril. Por esse motivo, Rochelle Walensky, diretora dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, pediu aos pais de todo o país que vacinem seus filhos maiores de 12 anos para protegê-los da doença que também pode ser grave, mesmo entre jovens, principalmente em função do aparecimento de novas cepas.

O estudo analisou os dados de hospitalização de jovens de 12 a 17 anos de uma grande rede de monitoramento de coronavírus e descobriu que mais de 30% tiveram que ser internados em unidades de terapia intensiva e quase 4% necessitaram de ventilação mecânica invasiva, de um total de 204 adolescentes, principalmente entre 1º de janeiro e 31 de janeiro de 2021. Por outro lado, não foram identificadas mortes associadas no estudo específico.

O estudo também ecoa as preocupações expressas pela diretoria do CDC, que insistiu na vacinação de adolescentes, com atenção especial aos grupos de minorias raciais e étnicas: “Aumentos recentes nas taxas de hospitalização associadas a Covid-19 entre adolescentes e a possibilidade de doença grave exigindo internação devem ser sinais a serem levados em conta. As Unidades de Terapia Intensiva (UTI), incluindo ventilação mecânica invasiva, indicam uma necessidade urgente de vacinação em combinação com o uso correto e constante de máscara por pessoas que ainda não forma totalmente (vacinados)”, informa o relatório.

Fonte: setorsaude.com.br

logo